quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Lição de Vida e para Vida !!!

Nesse mundo materno conheci muita gente, e fiz grandes amigas mesmo pelas redes sociais. 
Uma delas é a Aline Shirazi Conte, que tem o blog  O diário de Laura e Heloísa , em uma de suas publicações em sua pagina pessoal do Face ela contou um dialogo dela com a filha e nós deu uma lição de como devemos pensar, agir e educar.  ( deu para perceber que sou fã rs) 

O melhor que pouco tempo depois a Giulia me colocou nessa enrascada do feio do gordo e eu como achei a forma que ela explicou a melhor usei com a minha filha também.

E deixo aqui registrado minha admiração e respeito.

Com permissão da Aline vou reproduziro o dialogo aqui. 

- aí mãe. Não quero ficar gorda.
Depois que eu ouvi isso. Minha vontade era bater a minha cabeça na parede até explodir. Nunca saiu da minha boca qualquer tipo de explanação ou julgamento sobre corpos. Nem longe dela, muito menos perto. O discurso eu sei de onde veio e tinha certeza que até então tinha passado despercebido (e cara, eles são esponjas bem loucas).
No momento da impaciência eu perguntei porque não? Ela disse:

- é feio.

Falei alto e grossamente:
- feio é mentir. Feio é se jogar no chão no meio da rua. Feio é pegar as coisas dos outros. Feio é não ser empático. Feio é julgar os outros. Feio é se achar o centro do universo.
Um corpo nunca será feio. 
Nunca será feio.
Porque é um corpo. Uma pessoa. Uma vida.
Feio é falar que um corpo é feio.

Olho para ela e ela está chorando.
Me acalmo:
- porque chora?

-porque você está brigando comigo.

Respiro ao lado dela e explico para mim, mais do que para ela: 
- enquanto criarmos crianças que ligam para os corpos, mais do que ligam para o que há dentro deles, mais doente nosso mundo será. E eu me recuso a contribuir para essa doença. Por isso, me diz, você sempre será linda.

Ela repete:
- eu sempre serei linda.
Repete: todas as pessoas tem corpos lindos.
- até a bisa Edith, mãe?
- até a bisa Edith.
Ela então repete:
- todas as pessoas tem corpos lindos, até as que tem muitas marquinhas e anda bem devagarinho.

E assim espero, do fundo do meu peito que a conversa tenha funcionado e que eu não contribua para mais um ser FEIO no mundo.

Sem Mais

Um comentário:

Bianca Pereira disse...

Posta aqui o seu diálogo com a Giulia. Bjos :)