quinta-feira, 11 de março de 2010

MÃE


As vezes tenho tanta saudade ...
Muitas vezes me pego pensando o quanto ela faz falta.
Tem dia que quero um colinho de mãe.
E nesse dia me dou conta o quanto nossa memoria é ingrata pois tento lembra do rosto dela os detalhes, cheiro, voz e parece que com o passar do tempo isso vai se apagando da nossa memoria, preciso estimular meu celebro para que as lembranças voltem...
Lembro de um dia estudava de manha e cheguei em casa na hora do almoço e minha mãe estava em casa tinha feito comida (isso não era seu forte) um arroz fresco um feijão, pure de batata, couve refogada e bife de fígado, um cheiro que me faz lembra de toda atenção, amor e carinho que ela tinha com a gente.

Se ela pudesse me ouvir diria que ela faz muita falta e que faria qualquer coisa para ter mais 5 minutos com ela.Mas alem disso também diria que ela nos ensinou bem e estamos caminhando para um lugar muito bom e no caminho certo.

Desculpe pessoal um dia de saudades...
Falar dela alivia um pouco

beijos a todos e ate mais!!!!

Um comentário:

Lilian Amorim disse...

Fiquei emocionada...